09/01/2017

partida

você é o contato favorito no facebook
praticamente a única pessoa com a qual eu conversava por lá
era melhor pra você, lembra?
hoje estou trabalhando pela manhã
é minha semana na recepção do comandante
lembra como ficávamos conversando a manhã toda?
eu gostava disso
comecei a usar o tal do skype contigo
é o único contato lá também

as vezes tinha vontade de te bater
você me passava muita raiva

é que você passou por todas as "fases"
poucas pessoas passam por todas
quando me afastei de ti, você veio a mim
quando tentei me matar...
você ameaçou me matar se eu tentasse novamente
você foi mestre
me ensinou algumas baboseiras
brigou comigo
fizemos as pazes
demos uma volta pelo mundo!
voamos por aí
você se lembra?
eu só me lembro de você contando tudo no dia seguinte
eram belos sonhos

quinta passada eu cheguei de viagem
estava louca para te contar tudo que aconteceu.
antes do natal você havia dito pra eu não sumir
mas a internet acabou no ano novo. tem mandei sms
sei que você leu
você sempre lia
mas diferente das outras vezes...
você não entrou no skype
não mandou oi no whatsapp
muito menos respondeu no facebook.
achei estranho, mas preferi não te sufocar.
estamos de férias não é?
me forcei a afastar os pensamentos de que talvez eu tenha feito algo de errado
eu fiz?
você me conhece
sou meio louca
e insuportavelmente chata
chatonilda
queria saber o que aconteceu.
mandei mais mensagens
implorei por alguma resposta
meu coração doeu
não queria ter que deixar outra pessoa partir
porra!
tive que aceitar a partida de meu anjo não tem um mês e agora você?!

maldito seja o livre arbítrio!
maldito seja o ciume e a possessão
maldito seja

você não me respondeu
sabia o que havia acontecido
mas preciso de pontos finais
estava magoada
não vou mentir, ainda estou.
mas entendo
as vezes fazemos o que precisamos e não o que queremos, certo?
espero que tenha sido isso
espero que tenha sido preciso.

toda vez que abro o facebook, vejo sua foto ali no cantinho da tela
teu nome, vejo que está online
mas não podemos nos falar.
aconteceram tantas coisas em duas semanas!

mas não posso dizer

não posso dizer que decidi não ir para os estados unidos
não posso dizer que talvez minha amiga esteja grávida
não posso dizer que me apaixonei novamente
não posso dizer que passei duas semanas brincando com meus primos
e como amei isso
eu os ensinei a nadar! fiquei feliz quando os vi sem as boias nadando na piscina...
não posso dizer que fiquei frustrada por não ter ido caminhar na praia todas as madrugadas
fui apenas um dia e o nascer do sol foi maravilhoso. sabe como amo o sol e vê-lo junto ao mar...
bem, você deve saber
não posso dizer que engordei horrores e que fiquei tanto na piscina que meu cabelo desbotou!
não posso dizer que brinquei de luta com meu priminho de três anos
Eque arrastei ele pelo gramado até não termos mais foras para brincar
não posso dizer que decidi ir morar no sul e que meu pai me apoiou!
não posso dizer que essa decisão durou apenas algumas horas e que ela foi o motivo de uma briga com meus tios
não posso dizer que vou voltar pra faculdade, que estou com medo e que não quero falhar novamente
não posso dizer tantas outras coisas
não posso dizer
para ti
para o mundo
como dói não poder te dizer nada disso
nada do que houve
dos pesadelos, dos remédios que parei de tomar, da cerveja que comprei, do cara lindo que passou, dos meus medos, das minhas poucas conquistas...
não posso dizer nada
tudo que posso fazer é aceitar, me forçar a aceitar mais uma perda
e você sabe como odeio perdas, partidas, despedidas.
odiei perder meu anjo, mesmo sabendo que vou reencontra-lo
odiei perder você, que tanto me ajudou

posso escrever dias a fio que nenhum texto vai mostrar toda a dor que sinto por saber que também não posso te entregar as moedas antigas que lhe comprei, que não vou poder te chamar desesperada quando algo der errado na minha vida

isso não é justo
essa dor que sinto não é justa
essa maldita decisão não é justa
você voltou a ser apenas uma memória dolorosa
e me desculpe
ainda o amo e por ti senti o amor mais doce de toda minha vida
um amor que não consigo descrever
nunca pensei que perder um amigo doeria tanto
mas nunca pensei que iria te perder

você se foi e vou por uma pedra em cima de todas estas memórias.
me permitirei chorar no trabalho por ti
me permitirei sofrer por ti e pela sua partida
mas quando as lágrimas secarem
não volte
pois não permitirei sua entrada

eu te amo, mas não o quero de volta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário